Poça Consulting | Uma Entrevista. Rumo ao Sucesso!
17145
post-template-default,single,single-post,postid-17145,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-16.8,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.2,vc_responsive

Uma Entrevista. Rumo ao Sucesso!

Uma Entrevista. Rumo ao Sucesso!

Uma Entrevista. Rumo ao Sucesso! img jose

José da Poça, empresário e empreendedor no setor da Beleza.
A sua visão arrojada e futurista permitiu-lhe hoje ocupar um lugar
de excelência como sócio-gerente da empresa Poça Consulting.

 

Departamento de Comunicação: A Poça Consulting é uma empresa que está bem posicionada no mercado nacional do setor da beleza. Como nasceu este projeto?

José da Poça: Depois de tomar a decisão e aceitar o desafio para criar a sucursal, à semelhança do que existia no mercado na Alemanha, aceitei esse desafio em 1997.
Quando no fim do ano regresso a Portugal para fazer o início da mesma sucursal, visitei muitos cabeleireiros ao percorrer todo o país e procurei entender as suas necessidades.
Os relatos que consegui obter foram sempre direcionados para perceber melhor o próprio negócio, como tirar mais partido deste, como incentivar as equipas a serem mais produtivas e mais eficientes.
Esse incentivo passava pela formação, um critério bem assente.
Também era necessário entender a rentabilidade produto a produto, colaborador a colaborador. Aqui falou-se muito sobre sistemas de cálculo de preços, incluindo o produto e o serviço. A parte da comunicação esteve sempre “em cima da mesa”, na altura o foco eram as montras, os cartazes comunicacionais e as campanhas.
Havia muita necessidade por parte dos cabeleireiros de fazerem campanhas. Era necessário calcular os objetivos alcançados e criar dinâmicas fortes. Era tudo aquilo que nós fazíamos na Alemanha, no projeto da Schaffer Consulting. Depois dessa análise e de uma grande ponderação, dei início ao primeiro passo. O primeiro passo foi trazer o software para Portugal, que ainda era na linguagem MS DOS. Procurei uma empresa para desenvolver o software para português, e encontrei essa empresa em Espinho, a Macrosistemas, para fazermos o nosso próprio sistema. Esse software ficou pronto para a língua portuguesa em meados de 1999, e aí comecei a visitar os salões para vender o software e começarmos já a laborar.

 

DP: E como surgiu a empresa Poça Consulting?

JP: Fizemos a constituição da empresa com capital português/alemão em 2000. Simultaneamente, procuramos nas universidades, jovem licenciados que se deslocariam à Alemanha durante 6 meses para aprenderem toda a matéria de consultoria.
Em 2000 contratamos os 3 primeiros colaboradores recém-licenciados em Economia, embora apenas 2 tenham ido para Alemanha e concluído toda a formação. Quando regressaram a Portugal, já eu tinha contactado com cabeleireiros que iriam iniciar o projeto connosco. Inicialmente três cabeleireiros, o Américo Peixoto, o Miguel Viana e o António Costa, que convidamos a viajar connosco à Alemanha, a conhecer este novo projeto num congresso.
Desde 2000 estávamos no terreno a laborar e a prestar serviços de consultoria e a comercializar o software específico para o setor da Beleza.
Verifiquei no terreno, no quotidiano que muitos dos nossos clientes não estavam satisfeitos com o apoio contabilístico. Não sentiam o apoio para uma estratégia de orientação, de como gerir melhor o seu negócio.
Foi então que tomei a decisão de criar dentro da empresa o departamento de contabilidade.
Na altura, o marketing ainda era desenvolvido em outsourcing, não tínhamos uma equipa própria.

DP: O vosso grande produto é o Sublime Software. Como surgiu a criação deste produto?

JP: Em 2004 tivemos a necessidade de converter o software “Cabelo” de linguagem MS-DOS para Visual Basic, nomeando-o de Stylus, um software pensado e desenvolvido por mim e programado pela Macrosistemas.
Entre 2007 e 2009 ainda representamos o Merlin, um software francês, desafio proposto pela L’Oréal Professionnel.
A nossa ambição superou todas as expectativas e criada a necessidade de evolução, decidimos desenvolver o atual software, o Sublime.
O Sublime ficou finalizado no final do ano de 2009 para ser comercializado no mercado nacional.
No ano seguinte, há a necessidade de separar a empresa e criar a Poça Consulting e a Sublime Software. São criadas duas entidades, uma totalmente virada para a tecnologia e outra para a contabilidade, gestão, marketing, comunicação e produção gráfica.
Dada a necessidade de estarmos mais próximos do cliente ao nível comunicacional, decidimos acabar com o outsourcing do design e da produção, apostando assim na criação deste novo departamento em 2008 e passando a ter este desenvolvimento interno.

Uma Entrevista. Rumo ao Sucesso! frase jose

DP: Existe realmente uma grande aposta no processo informatizado e muito tecnológico.

JP: Sim! No decorrer da criação do Sublime Software reparamos que existia a necessidade de quantificar a informação que este produto guardava. Assim, decidimos concluir plataformas digitais de dados que permitiram aos nossos clientes perceber exatamente como está o seu negócio, e inclusive, comparar o seu negócio com o mercado. Podendo aqui perceber melhor que serviços têm, o que fazem com sucesso e com menos sucesso. Como é que se posicionam a nível de talão médio, a nível de percentagem técnica, ao nível do número de clientes médios por dia, que tipo de clientes é que estão a atender, com dados demográficos precisos…
Neste âmbito vamos ter novidades.

DP: A formação profissional é a vossa grande aposta este ano. Porquê?

JP: Era-nos pedido com frequência para apostarmos na formação profissional, e nesse sentido em 2015 tornámos-nos numa empresa de formação profissional certificada pela DGERT, começando deste modo com o projeto da formação. Este projeto, agora em 2019, prepara-se para lançar no mercado a formação profissional de longa duração, onde vamos formar os jovens para futuros cabeleireiros. Um curso completo, dividido em três níveis, o primeiro nível é de assistente de cabeleireiro, cabeleireiro e barbeiro.

DP: Sente que a missão para este projeto se concretizou?

JP: Dado isto e olhando para trás, hoje considero que de facto a missão que tinha e tenho para este projeto está em total realização. Ao longo deste tempo, tivemos sempre a ambição de estar ao lado do profissional com todos os instrumentos de ajuda para que se sinta muito bem apoiado, que sinta que tem um parceiro que lhe pode dar orientação em todas as áreas do seu negócio, desde a área tecnológica, criando-lhe plataformas de comunicação, dominando e gerindo redes sociais, criando sites, landing pages, todo um conjunto de ferramentas comunicacionais que o podem projetar no seu caminho. Ensinando e orientando para tomar decisões o mais assertivas possível em relação às apostas que pretende fazer, para se destacar no seu meio. Ajudando os profissionais a tomar decisões certas, em estudos para o seu crescimento e na implementação de negócios.
Considero hoje e sinto-me particularmente feliz, porque esta mudança de espaço veio demonstrar que algo tem corrido muito bem.

Comecei em Portugal sozinho, constituí empresa com apenas 3 elementos e hoje somos 24. Esta mudança de espaço prendeu-se com uma mudança de paradigma. Eu queria ter condições verdadeiramente otimizadas, porque considero que passamos mais tempo no nosso local de trabalho a trabalhar para os nossos clientes, onde precisamos de ter inspiração, tranquilidade, profundidade nas nossas reflexões, e condições para prestarmos um serviço de excelência.

Decidi criar este espaço com o objetivo de estar pronto para satisfazer todas estas necessidades. Hoje, o feedback que tenho da maior parte dos clientes que já o visitaram aos nossos colaboradores que trabalham aqui, é que se concretizou todo este posicionamento e esta projeção. Considero mesmo que está colocada uma base sólida, onde podemos construir em cima dela os passos seguintes e avançar com novos desafios que temos para apresentar perante as novas necessidades que o mercado nos coloca constantemente. Vão ser grandes desafios a nível comunicacional, no âmbito tecnológico e na formação profissional.
Queremos ser o parceiro do cabeleireiro, que está acima de tudo focado em criar estratégias operacionais para podermos levar o negócio do cliente para uma outra dimensão. Este é o nosso desafio, daí o nosso slogan continuar muito válido do que é claramente o nosso objetivo:

O seu sucesso é o nosso destino.

 

Isto continua a ser o slogan que se impõe e que agora sim, cada vez mais, temos condições para o fazer caminhar.

 

Testemunhos da Equipa:

Uma Entrevista. Rumo ao Sucesso! mockup frases